Sessão tem oito proposições na pauta

por Assessoria de Comunicação publicado 06/08/2019 12h05, última modificação 06/08/2019 20h40

A Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo inicia, a partir das 19h desta terça-feira (06/08), seu segundo semestre de sessões ordinárias. Após o recesso parlamentar de julho, a pauta da 18ª reunião tem oito proposições inscritas: um projeto de lei, três requerimentos e quatro indicações. Confira abaixo:

PROJETO DE LEI

  • De autoria de Fabiana Galvão (Patriota), o PL 19/19 regulamenta o horário de funcionamento dos locais de entretenimento noturno.

REQUERIMENTOS

  • De autoria de Nayara Pereira (PSB) e Professora Sonia (PSDB), o Requerimento 39/19 cobra do prefeito informações sobre um aparelho para regularização e fiscalização de áreas;
  • De autoria de Professora Sonia (PSDB), o Requerimento 40/19 cobra do secretário de Obras informações sobre os serviços de lama asfáltica;
  • De autoria de Anderson Arry (Patriota), o Requerimento 41/19 cobra da secretária de Saúde informações sobre a possibilidade de funcionamento da Unidade Básica de Saúde até as 22h.

INDICAÇÕES

  • De autoria de Nayara Pereira (PSB), a Indicação 95/19 solicita ao secretário de Obras cascalhamento, alambrado e continuação de asfalto nos bairros São João, Jardim das Palmeiras e Nossa Senhora da Conceição;
  • De autoria de Boca de Lata (PL), a Indicação 96/19 solicita ao secretário de estado de Infraestrutura levantamento e recuperação das estradas estaduais que passam por Ribas;
  • De autoria de Boca de Lata (PL), a Indicação 97/19 solicita à secretária de Saúde compra de novos uniformes para o Samu;
  • De autoria de Anderson Arry (Patriota), a Indicação 98/19 solicita ao secretário de Obras manutenção da iluminação no Parque Estoril.

---

Clique aqui para o download da pauta completa em PDF.

Assista à sessão ao vivo e confira as proposições na íntegra no Facebook da Câmara.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.